sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Capítulo 73 - Foi difícil decidir isso

Tay: Olha Demi...

Demi: (começando a chorar eu disse) Você prometeu Tay. Você prometeu que nunca iria 
me deixar

Tay: Mas...

Demi: Como eu vou viver sem você Tay? E o nosso casamento? Nossos planos? E tudo o 
que vivemos juntos até hoje? Você vai querer jogar tudo no lixo sem mais nem menos?

Tay: Demi, foi difícil decidir isso. Mas eu tenho que pensar no que é melhor para 
mim. 

Demi: Se foi tão difícil, por que você está terminando comigo?

Tay: Por que minha mãe foi transferida novamente como você também foi. Eu não posso 
mais morar aqui e nem deixá-la ir sem mim.

Demi: E eu Tay? Você não pode me deixar aqui, sozinha. Eu preciso de você. Eu te 
amo. Eu faço o que for preciso para ficarmos juntos. Se for preciso eu até te espero. Quando você voltar...

Tay: Eu não quero que você me espere. Até porque eu não pretendo voltar. Eu quero 
que você siga a sua vida. Recomece e faça um novo final para a sua história... Assim 
como eu pretendo fazer

Demi: Então é isso? Tudo o que construímos você vai deixar desmoronar?

Tay: Sim.

Demi: Daqui 2 semanas, nós faríamos 1 ano de noivado. Eu já estava sonhando como 
nosso casamento, com o nosso novo futuro juntos, com nossos filhos... Com tudo. E 
você agora... Acabou de destruir

Tay: Me desculpe. Mas as coisas nem sempre são como nós desejamos. Mas eu preciso 
dizer outra coisa. Já que eu vou embora, eu preciso ir com a consciência tranqüila 
de que fui sincero com você

Demi: Então fala

Tay: O maior motivo de eu estar indo embora é que eu não te quero. Eu nunca te quis. 
Eu nunca te amei, eu não te amo. Eu fiquei com você por pena. Só isso. Eu cheguei a 
noivar com você para que você se recuperasse logo do que você tinha passado com o 
seu ex-namorado. Mas eu nunca iria chegar a me casar com você. Tudo o que eu te 
disse, foram fases gravadas que eu ouvia de você, e então eu repetia porque você 
gostava.

Demi: (eu ao ouvir aquilo comecei a chorar muito mais) Taylor como você pôde? Eu te 
amei de verdade. Eu te amei mais do que eu achei que eu podia amar alguém. Como você 
pôde ter brincado tanto com meus sentimentos? EU TE ODEIO TAYLOR! ESPERO QUE VOCÊ 
NUNCA MAIS VOLTE, MAS SE VOLTAR NEM PENSE EM ME PROCURAR. (eu subi correndo para o 
quarto da Sel, bati a porta deitei na cama e comecei a chorar como nunca havia 
chorado antes.)

Horas haviam se passado e as lágrimas não paravam de correr sobre a minha face, eu 
chegava a ficar sem ar de tanto chorar. A dor que eu estava sentindo não havia 
igual. Eu me sentia como se estivesse sendo explodida dor dentro e rasgada por fora. 
Nem a morte mais torturada do mundo podia se comparar. Logo anoiteceu e começou a 
chover muito forte. Depois de alguns minutos, ouvi a porta principal (de baixo) Se 
abrir e fechar. Ouvi também passos se aproximando do quarto da Sel, onde por acaso, 
eu estava. Enquanto os passos ficavam cada vez mais próximos eu tentava inutilmente 
secar minhas lágrimas

XXX: Demi?!

CONTINUA...




oi meninas, como prometido postei o cap *-*
espero que gostem..
Não vou postar amanha,nao to muito bem..
bj

8 comentários:

  1. AHHHHHHHHHHHHHHHH TAYLOR IDIOTA o.O
    Como ele pôde? :o
    Era o Joe? É o Joe que vai encontrar ela?
    Posta logo!!!!!!
    Espero que melhore bem rápido :)
    Beijos*

    ResponderExcluir
  2. AAAAH, PERFECT!! Por que eu nunca sou first?? --'

    ResponderExcluir
  3. Como voce para nessa parte? =000

    ResponderExcluir
  4. Ahhhhhhhhhhhhhhhh!!!!!!!!! Mal posso esperar pelo próximo capitúlo, tá ótimo. Mas fiquei triste pela Dede :(

    ResponderExcluir
  5. Nossa agr me cortou o coração saber qe a Demi está sofrendo, tomara qe seja o Joe!
    Posta logo assim qe vc melhorar! ah qe vc melhore rápido!
    BJUS

    ResponderExcluir
  6. será que e o joe
    omgggggggggg tomara
    posta logo, viuu
    mega ansiosaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
    bjs e posta viu *-*

    ResponderExcluir
  7. tadinha da Demi
    quero muito que seja o Joe

    ResponderExcluir

Sem comentário sem capitulo :)