sexta-feira, 6 de julho de 2012

Capítulo 9 - Eu vou ficar aqui com você

Joe: A Demi está pronta?

Le: Na verdade ela não vai pra escola hoje

Joe: Por quê?

Le: Porque ela está doente

Joe: O que?!

Le: É ela ficou na chuva ontem e agora está derretendo de febre

Joe: Posso ir lá ?

Le: Pode vai lá eu vou pegar alguma coisa pra ela comer

Joe: Ok

Eu fui para o quarto dela e bati na porta, e ela disse para entrar, a voz dela estava muito fraca então já constatei que ela estava muito ruim

Joe: ( eu estava relembrando o que eu falei pra ela antes de ir embora) Posso ir embora tranquilo? sem pensar que você está com o vírus da gripe? ( depois comecei a imitar ela) (sorri) Pode

Ela sorriu

Joe: (eu sentei na cama dela)

Demi: Joe vem para mais perto eu não estou te vendo, eu estou com tanta dor no corpo que não tenho forças nem para virar o pescoço (ri)

Joe: (ri) ok ( eu sentei bem perto dela e coloquei sua mão sobre a palma da minha)

Demi: Sabe Joe, não faz muito tempo que eu me mudei pra cá, mas nesse tempo que eu estou aqui, ter te conhecido foi a melhor coisa que me aconteceu

Joe: E desde que eu te conheci as coisas concerteza tem mais sentido pra mim (sorri)

Demi: É tão bom ter alguém como você ao meu lado, eu me sinto tão segura

A Le chegou com um café da manhã pra Demi

Demi: Sai com tudo isso daqui eu não quero comer

Joe: Demi você precisa se alimentar

Demi: Mas Joe...

Joe: Por mim?

Eu tinha certeza que estava quase convencendo-a

Demi: ¬¬ tá

Ela se alimentou, eu quase tive que fazê-la engolir o prato porque tudo que ela pegava ela recusava ¬¬

Demi: Agora podem ir pra escola eu vou ficar bem

Le: Eu vou ficar aqui com você

Demi: Não vai não, pode ir se mandando pra escola para dar o primeiro ensaio de dança desse ano

Joe: Pode ir Le eu vou ficar com ela

Demi: Ha-ha que graça você também vai pra escola, eu preciso de matéria

Joe: Quando o pessoal chegar eu pego a matéria e quando você estiver melhor eu te passo

Demi: ........ Ah eu não tenho mais justificativas ¬¬

Le: Então você fica com ela Joe?

Joe: Sim pode ir, que eu cuido dela

Le: Então tchau pra vocês

Jemi: Tchau

Ela foi embora

Demi: Obrigada por estar comigo aqui Joe

Joe: Amigos são para essas coisas

Demi: (sorri)

Joe: Eu vou na farmácia pegar algum remédio pra passar essa febre

Demi: AAAH não remédio eu não tomo, não não não

Joe: Você vai tomar sim, eu já volto

Joe off

Demi on

DROGA! Eu odeio remédios, o Joe está parecendo meu irmão mais velho que quer mandar em mim haha, mas eu gosto, ele é tão fofo, tão maravilhoso, tão cuidadoso comigo, a cada segundo que eu estou passando ao lado dele, estou me convencendo mais que eu estou me apaixonando por esse garoto, o pior é que eu não posso evitar, quando se trata de amor, o coração que escolhe, mas se eu me apaixonar perdidamente por ele como eu estou prevendo, não vou falar e nem dar bandeira, nós estamos em uma fase legal de amizade, não quero estragar tudo, eu vou fazer de tudo pra não ver ele com as outras garotas, porque eu vou sofrer, e se eu sofrer ele vai ver e se ele ver ele vai perguntar porque e eu não vou conseguir mentir. Será que realmente é amor? tomara que não, eu não quero sofrer por amor outra vez, é muito ruim, a dor pode matar, não fisicamente, mas sentimentalmente, você morre, nada mais há sentido quando você se ilude, tudo fica sem vida, sem cor, só de pensar como iria ser essa dor se eu estivesse realmente apaixonada pelo Joseph, as lágrimas naturalmente começaram a cair bem quando ele chegou aí que elas começaram a descer com mais velocidade, ele rapidamente veio até a mim, me abraçou fortemente tentando me confortar, eu estava torcendo para ele não e perguntar o que tinha ocorrido, e pelo menos esse pedido foi realizado, ele não me perguntou porque eu estava assim

Joe: Você quer falar porque você está assim?

Demi: Ainda eu não estou pronta para dizer sobre isso

Joe: Ok, mas você não vai se safar do remédio tá?

Ele disse em um tom tão natural que eu minhas lágrimas se transformaram em um sorriso, sabe mesmo que talvez o Joe seja o garoto que com suas atitudes irá me fazer sofrer, eu amo ele como amigo também, é um amor de irmãos sabe, aquele que te ajuda nas horas que você se sente um ''nada'', eu gosto de saber que eu não amo o Joe só de uma forma, isso é legal, quem sabe esse amor cresce e fica até maior do que a paixão? só assim eu não vou sofrer tanto, será que esse vai ser o meu maior sonho daqui pra frente?

CONTINUA...    
comentem para o próximo se não eu nao posto

5 comentários:

  1. ta perfeito *----* continua

    ResponderExcluir
  2. QUERO O PRÒXIMO CAPITULO LOGOOOOO *-------------------*

    ResponderExcluir
  3. Nova leitora!
    Adorei o seu blog!

    Se não for incomodar, se gostar será que poderia se tornar seguidora do meu blog?
    É esse: http://dianaisabelpinto.blogspot.pt/

    Posta logo!

    Bjs :)

    ResponderExcluir
  4. ~viciadaaaa~ q fic perfeitaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa ~respirando~aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa amei....posta logo please :D

    ResponderExcluir

Sem comentário sem capitulo :)